FONTEANGOP
Capacetes Azuis © Ivairs

POR: ANGOP

Os dois capacetes azuis desaparecidos desde o dia 11 de Maio no Sudeste da Republica Democrática do Congo (RDC), foram encontrados quarta-feira, são e salvos, anunciou a Missão da ONU naquele país (MONUSCO).

Ambos faziam parte dos 13 capacetes azuis do contingente do Benin, cuja coluna foi atacada pelas milícias Maï-Maï.

Actualmente estão numa base da MONUSCO, em Nyunzu, e serão transferidos nesta quinta-feira, para a região de Kalemie, outra das bases da ONU, no Sudeste do Congo.

Há vários anos que o contingente beninense da MONUSCO está estacionado na província do Tanganyika.

Segundo a ONU, os conflitos que opõem as comunidades locais, nomeadamente os pigmeus e os bantus, já causaram milhares de mortos e centenas de milhares de deslocados.

Facebook Comments