FONTEANGOP
Três novas minas de diamantes entram em operação nos próximos cinco anos @DR

Nos próximos cinco anos o país vai contar com três novas minas de diamantes para garantir o aumento das receitas, segundo revelou ontem, em Saurimo, o administrador para área do Planeamento Estratégico e Operações Minerais da Endiama EP, Laureano Receado.

Laureado Receado, que falava à margem de uma visita efectuada à Sociedade Mineira de Catoca (SMC), no âmbito da apresentação do novo director-geral da empresa diamantífera, Benedito Paulo, disse tratar-se das minas de Chire, Mulepe e Sanda Mina, cujos trabalhos de prospecção geológica e do levantamento geofísico tiveram início há quatro anos.

Sem dar pormenores técnicos, relativo às reservas de quilates e o tempo de vida da minas, disse que a entrada em funcionamento delas contribuirão para o aumento da contribuição do subsector dos diamantes na economia nacional e no Orçamento Geral do Estado.

Disse que a Endiama está a trabalhar para que as minas entrem em funcionamento dentro dos próximos cinco anos, para contribuir igualmente no aumento de postos de trabalho.

Por outro lado, fez saber que a mina do Luaxe, localizada a 25 quilómetros da Sociedade Mineira de Catoca, arranca dentro de dois anos.

Os trabalhos de prospecção geológica e levantamento geofísico nessa mina tiveram início em 2008 e está a ser projectada até a profundidade de 400 metros. O empreendimento pode gerar resultados na ordem dos 350 milhões de quilates.

Facebook Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here