FONTEANGOP
União Europeia © Portal de Angola

A União Europeia (UE) vai apoiar o governo angolano com 22 milhões de euros para a revitalização do ensino técnico profissional, na formação de formadores, bem como a revisão do mesmo, anunciou na quarta-feira, em Luanda o ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Augusto Silva.

O pronunciamento aconteceu na cerimónia de apresentação do projecto de Revitalização do Ensino Técnico e da Formação Profissional (RETFOP).

O impacto do projecto será verificável na melhoria da capacidade do sistema de Ensino Técnico Profissional angolano em proporcionar aos jovens, competências adequadas para atender às necessidades actuais e futuras do mercado de trabalho, em termos de quantidade, qualidade e distribuição territorial.

O RETFOP tem como principais objectivos a extensão da oferta formativa e a melhoria da sua qualidade e relevância, de forma a prover aos formandos conhecimentos e competências relevantes que os habilite para ingressarem no mercado de trabalho.

Trata-se de um programa de cooperação de iniciativa da UE e do Executivo angolano, com o apoio de Portugal e de França, cuja finalidade é promover a empregabilidade das camadas mais jovens da população.

Implementado pelo Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. e a Expertise France terá a duração de cinco anos e abrangerá as províncias de Benguela, Huambo, Huíla, Luanda, Moxico e Uíge.

O governante português disse ser um projecto central na estratégia de desenvolvimento de Angola.

Já o ministro das Relações Exteriores de Angola, Manuel Augusto, revelou que a contínua formação de quadros e a necessidade de instrução de nova tecnologia são aspectos essenciais pelo que contam com a experiência da UE e dos seus Estados Membros, com vista a plena execução dos projectos que possam reflectir o interesse de todas as partes.

Por seu turno, o Embaixador da UE, Tomás Ulicny, considerou uma aliança que se propõe estimular o investimento e atrair investidores privados apoiando a educação e desenvolvimento de competências para garantir a empregabilidade, como fomentar o comércio e melhorar o ambiente de negócios.

Facebook Comments