FONTEMercado
BFA e BAI disputam primeiro lugar de maior banco privado @DR

No segundo trimestre de 2018, o BNA  manteve a sua política monetária restritiva, contraindo a base monetária em 12,18%, face ao anterior, em 4,58% em termos homólogos.

A base monetária nacional registou, em Agosto, ligeira diminuição na ordem dos 10 mil milhões kz (1%) para  1,5 bilhões kz face a  Janeiro do corrente ano. De acordo com as estatísticas monetárias e financeira do Banco Nacional de Angola (BNA),  a redução verificada a  nível do volume de dinheiro criado pelo banco central foi influenciada pela diminuição das notas e moedas em circulação em 5%. Em Agosto, o volume de dinheiro em circulação foi de 429, 8 mil milhões kz, 28% da  composição da base monetária, e a média mensal do montante a circular na economia nos primeiros oito  meses do ano foi de 445,4 mil milhões kz.

Neste período, verificou -se  a uma tendência crescente do dinheiro em poder dos agentes económicos no primeiro trimestre,  sendo Março a data com maior volume de notas e moedas no circuito financeiro, com a máxima mensal de 468 mil milhões kz. A tendência de crescimento inverteu-se no segundo trimestre com  constantes flutuações.

 Já as reservas dos bancos comerciais junto do Banco Central situaram-se em 1,09 bilhões de kz, correspondente a 72% da base monetária em Agosto. Neste capítulo,  assiste- se igualmente a uma diminuição pouco  acentuada,  justificando a redução moderada da base monetária no período em análise.

Política monetária

No segundo trimestre de 2018, o BNA  manteve a sua política monetária restritiva, contraindo a base monetária durante o segundo trimestre em 12,18% face ao anterior, e em 4,58%

Em termos homólogos.

 Destaca-se o mês de Julho, marcado pela maior contracção da base em moeda nacional, em 7,75% motivada fundamentalmente pelo efeito contracionista das operações cambiais envie 22,33%.

A contracção da base monetária em moeda nacional no trimestre reflectiu-se na contracção tanto da circulação monetária (9,77%), das reservas livres em moeda nacional (29,27%) como  da reserva obrigatória em moeda nacional (8,9%).

Facebook Comments