FONTEANGOP
@DR

O músico angolano Fernando Lucas da Silva “Robertinho” cumpre, a partir desta terça-feira, a medida de coação de prisão domiciliar, após estar detido, preventivamente, no Hospital Prisão de São Paulo, em Luanda, segundo fontes afecta ao Serviço Penitenciário (SP).

Com a prisão domiciliar, prevista na Lei/25 de 18 de Setembro – Lei das medidas cautelares em processo penal, Robertinho fica desta forma proibido de sair da sua residência até ser julgado.  

O artista, detido desde Maio, por suposto envolvimento em tráfico de droga, nega o seu envolvimento num caso que remonta de Novembro de 2017,data em que Robertinho, quando regressava de uma actividade cultural no Brasil, fazia-se acompanhar de duas malas, uma das quais com nove quilogramas de cocaína supostamente entregue por um desconhecido no aeroporto brasileiro.

Robertinho alega que foi contactado, no aeroporto de Guarulhos, na cidade de São Paulo (Brasil), por um cidadão angolano para transportar uma pasta em seu nome, já que tinha poucos quilogramas.

Facebook Comments