FONTELUSA
Grécia usa drones para combater fuga aos impostos [email protected]

Para combater a fuga aos impostos numa das áreas mais importantes para a economia do país, a Grécia utilizou drones que controlam os barcos turísticos. Num só dia, não foram declarados 25 mil euros.

Todos os dias são milhares os turistas que passam pela ilha de Santorini, na Grécia. O turismo é um dos grandes motores da economia grega, representando cerca de um quinto do Produto Interno Bruno, mas há um cenário que persiste: a fuga aos impostos. Foi a pensar no combate a este problema que as autoridades decidiram fazer uso das novas tecnologias e utilizar drones para controlar a evasão fiscal.

O processo é simples: vários drones sobrevoaram a ilha de origem vulcânica para contar o número de passageiros que seguiam nos vários barcos que diariamente levam os turistas até lá.

De seguida, chegaram os inspectores para fazer a comparação entre o número de turistas e os recibos que foram emitidos. Resultado: apenas num dia, os inspectores conseguiram perceber que as contas não batiam certo e descobriram que em nove barcos cerca de 25 mil euros que não foram declarados. A este valor acrescem as multas que serão aplicadas aos responsáveis das empresas que tentaram fugir ao fisco.

Face ao sucesso da experiência, a Grécia poderá passar a contar com esta nova forma de combate à evasão fiscal e alargar a outras zonas tipicamente turísticas no país.

Facebook Comments