FONTELUSA
José Filomeno dos Santos, “Zenu”, antigo presidente do Fundo Soberano de Angola (FSDEA) © António Rodrigues/ Ionline Sapo Pt

Está colocado dentro de uma vivenda existente na cadeia, separada por grades da ala destinada aos restantes reclusos de delito comum e a alimentação é fornecida directamente pela família.

José Filomeno dos Santos, ex-presidente do Fundo Soberano de Angola, está detido desde segunda-feira numa cela VIP da cadeia do hospital-prisão, à parte dos reclusos de delito comum, de acordo com esta terça-feira fontes oficiais.

Fontes dos serviços prisionais indicaram que o filho do antigo Presidente angolano José Eduardo dos Santos, detido preventivamente sob a acusação de má gestão do fundo e de alegado envolvimento numa transferência ilícita de 500 milhões de dólares, está colocado dentro de uma vivenda existente na cadeia, separada por grades da ala destinada aos restantes reclusos de delito comum e que a alimentação é-lhe fornecida directamente pela família.

Segundo as fontes, são procedimentos “normais” utilizados pelas altas personalidades que se encontram detidas preventivamente na Cadeia de São Paulo, situada no distrito urbano do Rangel, arredores de Luanda, e que tem capacidade para 270 reclusos, estando praticamente cheia, mas não sobre lotada.

José Filomeno dos Santos ou “Zenu”, como é conhecido localmente, tem recebido algumas visitas de familiares e de alguns amigos, acrescentaram as fontes, sem avançar com nomes, mesmo quando questionadas se Eduardo dos Santos iria visitá-lo à prisão.

As fontes adiantaram que, tradicionalmente, é dado tratar-se de um hospital-prisão, os “detidos VIP encenam” a marcação de uma consulta externa de especialidade para, tal como prevê a lei, poderem ser assistidos medicamente numa clínica fora da cadeia, sendo a oportunidade aproveitada para contactos com a família e amigos.

Facebook Comments