FONTENovo Jornal
Marcelino Tyipinge, Ex-governador da Huíla @DR

O antigo governador da Huíla Marcelino Tyipinge está a ser investigado por alegados crimes de peculato, corrupção, associação criminosa e branqueamento de capitais, segundo processo-crime que corre trâmites na Procuradoria-Geral da República junto do serviço de Investigação Criminal, soube o Novo Jornal através de um documento a que teve acesso.

O processo-crime com o número 2272-SIC-18 é justificado com “factos que configuram a prática dos crimes” de que é investigado Marcelino Tyipinge.

Uma carta dirigida ao Banco Nacional de Angola solicita nos termos do art. 92.do código de processo penal, conjugado com alínea d) do n.2 do art.77 da Lei n. 12/15, de 17 de Julho (Lei de Bases das Instituições Financeiras) os dados bancários de João Marcelino Typinge, relativos a 2014 até a presente data.

A informação ora tornada pública sobre a investigação de que é alvo o ex-governador segue-se a uma série de detenções feitas na província da Huíla, envolvendo cinco pessoas acusadas de terem desviado 200 milhões de kz destinados a professores.

A voz da América divulgou esta quinta-feira, 27, os cinco detidos, são eles: o antigo secretário do governo provincial da Huíla, o director do Gabinete Provincial da Educação na Huíla e dois empresários locais.

João Marcelino Tyipinge foi, juntamente com outros cinco governadores, exonerado do cargo no dia 12 do corrente mês.

Facebook Comments