FONTENovo Jornal Online
Ismael Diogo da Silva é suspeito de ter recebido vários milhares de dólares indevidamente do Conselho Nacional de [email protected]

O presidente da Fundação Eduardo dos Santos (FESA), Ismael Diogo da Silva, foi detido ontem, 28, após ter ignorado várias notificações da Procuradoria-Geral da República para prestar declarações. Ismael Diogo da Silva é suspeito de ter recebido vários milhares de dólares indevidamente do Conselho Nacional de Carregadores.

Segundo o porta-voz dos Serviços Prisionais, em declarações à agência Lusa, Ismael Diogo da Silva foi encaminhado para a comarca de Viana.

A ordem de prisão foi decretada depois de o presidente da FESA não ter respondido a uma série de notificações para prestar declarações sobre uma acusação que pesa sobre si, relativa ao recebimento indevido de vários milhares de dólares do Conselho Nacional de Carregadores (CNC), instituição no centro do processo que levou à prisão preventiva do ex-ministro dos Transportes, Augusto Tomás.

Facebook Comments