FONTEANGOP
80 escolas foram encerradas na província do Bié@DR

Oitenta escolas do ensino primário foram encerradas no presente ano lectivo, por falta de professores no município do Cuito, província do Bié, informou à Angop, o administrador municipal, Avis Vieira.

O fenómeno abrangeu o Centro Administrativo do Jimba Silili, com 20 escolas, igual número na comuna da Chicala, a comuna da Cambândua com 26, a comuna do Cunje com seis, o centro administrativo do Cuquema com quatro, a comuna do Trumba com três e uma no centro administrativo do Ecobongo. Como resultado, nove mil 597 alunos em idade escolares ficaram mais uma vez sem aprender a ler e a escrever na região.

A  Direcção Municipal da Educação  local aguarda por novos professores, admitidos no último concurso público, para serem colocados nas escolas das comunas e em unidades do Segundo Ciclo do ensino secundário, a nível da sede municipal.  

Avis Vieira  disse, que neste ano lectivo, 23 mil 380 alunos continuam a estudar em escolas com condições precárias, salientando que para dar resposta à situação, nesta vertente, o sector da Educação no município do Cuito necessita de 172 novas salas de aulas.

O responsável apelou aos pais e encarregados de educação a mais envolvimento na resolução dos problemas do sector, mormente no acompanhamento dos filhos e outras actividades programadas pelas direcções das escolas, para melhoria da qualidade do ensino.

Avis Vieira informou  que apesar do esforço da administração local e parceiros sociais, o sector da Educação ainda controla um total de 22 mil 285 crianças fora do sistema normal de ensino.

Com uma população de 450 mil 882 habitantes, o sector da educação na circunscrição controla 215 escolas, onde estudam 163 mil 40 alunos do ensino primário ao II ciclo do ensino secundário.

As aulas, na província do Bié são assegurada por três mil 559 professores.

Facebook Comments