FONTEVIVA PORTAL
Vera Daves, Secretária de Estado das Finanças e Tesouro @DR

A Secretária de Estado das Finanças e Tesouro, Vera Daves apontou ontem em Luanda que uma das principais soluções para a saída do actual quadro macro-económico que o país atravessa passa por uma melhor consolidação orçamental, dinamizar o sector empresarial público e avançar com um programa de privatizações.

A governante que falava durante a abertura da “Feira do Investidor”, em Luanda disse ainda que o sector bancário como o dos seguros têm a sua responsabilidade neste processo.

“Pedimos  criatividade e rigor para dar resposta aos desafio que temos pela frente, seguindo as boas práticas e exigências de padrões internacionais e fazer acontecer o país”, sublinhou.

Vera Daves explicou que embora se regista uma subida no preço do barril do petróleo o país herdou de anos anteriores, especificamente a partir de 2014, um contexto de queda do preço de petróleo que teve de desembocar por endividamento  público para assegurar financiamento de conjunto de projectos.

Referiu que “estamos diante cenário desafiante, mas é uma realidade que também teremos de enfrentar com firmeza e coragem”.

A feira do investidor é uma iniciativa da Comissão do Mercado de Capitais (CMC), realizada no âmbito da sua missão de promoção do Mercado de Valores Mobiliários (MVM) e disseminação da literacia financeira e decorre e termina amanhã 5 de Outubro.

O evento tem como principal objectivo destacar a importância da educação financeira e da protecção do investidor, ao mesmo tempo que visa proporcionar oportunidades de aprendizagem relacionadas com o investimento.

Para o efeito, conta com palestras e diversas actividades relacionadas com o sistema financeiro, para além da exposição de informação e conteúdos de interesse relacionados com o Mercado de Valores Mobiliários em Angola.

Facebook Comments