FONTEVIVA PORTAL
KixiCrédito prepara novo modelo de financiamento @DR

A KixiCredito instituição de microfinanciamento pretende implementar nos próximos tempos, métodos de facilitação de micro-créditos aos cidadãos nacionais e estrangeiros,  disse à imprensa o seu director Joaquim Catinda à margem da Feira do Investidor aberta esta semana, em Luanda.

O responsável acrescentou que a instituição já financiou perto de 25 mil cidadãos em mais de 400 mil negócios informais,  destacando que um dos principais problemas dos financiamentos dentro da banca em Angola passa pela a garantia tradicional, isto é a certeza documental

Segundo Joaquim Catinda normalmente aparecem cidadãos que solicitam financiamento com um documento qualquer de comprovativo, por exemplo de terreno, que o vendedor diz que vendeu ao fulano e o outro assina que comprou, há um conjunto de papéis que as pessoas chamam de documento de terreno, aquele documento não serve para oferecer conforto a instituição  credora para em troca ter financiamento”, elucidou.

“Os micro e pequenos investidores, cidadãos angolanos ou estrangeiros que esteja legalmente em Angola desempenhem desde que uma actividade de geração de rendimentos, isto é, se tem uma creche ou uma escola com uma sala de aula, nós damos o financiamento para construir ou aumentar o número de sala de aulas”, referiu.

O gestor esclareceu igualmente que a sua instituição não financia negócio que esteja a começar, isto é, startup, tudo porque a taxa de falência de negócios novos é alta, está acima dos 90% para Angola, tendo reforçado que o Kixicredito apenas ajuda a alavancar novos projectos.

A KixiCrédito (Angola SA), presta serviços de microfinanciamento e serve as necessidades de crédito dos residentes das áreas periurbanas. A empresa foi fundada em 1999 e está baseada em Luanda, Angola.

   

Facebook Comments