FONTEJA
AGT inspeciona cobrança do IPU na centralidade do Kilamba @DR

Os preços praticados actualmente no sector imobiliário, em Luanda, serão reavaliados para torná-los mais atractivos e com segurança jurídica, disse ontem ao Jornal de Angola, Pedro Ivo Cristóvão, novo presidente do Conselho de Administração (PCA) da Empresa Gestora de Terrenos Infra-Estruturados (EGTI).

Empossado terça-feira, em Luanda, pela ministra do Ordenamento do Território e Habitação, Ana Paula de Carvalho, Pedro Cristóvão disse que vai procurar materializar as razões que estiveram na base da criação da empresa, tendo em vista o desenvolvimento urbano em todo o país.

Segundo o novo PCA da EGTI, o surgimento de mais terrenos com infra-estruturas de saneamento básico, água, energia eléctrica, telecomunicações e estradas para os mais variados segmentos de baixa e alta renda, visa equilibrar os elevados preços praticados pelo sector privado imobiliário. 

Ana Paula de Carvalho empossou também Kilson da Silva e Quilaco Pedro como administradores da empresa e chamou a atenção para a necessidade de controlo dos terrenos infra-estruturados.

A EGTI foi criada, em 2015, para gerir os terrenos públicos infra-estruturados.

Facebook Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here