FONTEMercado
BNA vai criar lei sobre transferência de lucros dos investidores estrangeiros @DR

O crédito concedido ao sector produtivo em 2018 foi de 222,8 mil milhões Kz e o BNA obriga bancos a injectarem 2% dos activos no sector produtivo em 2019, que dá um total de 262,2 mil milhões Kz, o dobro do valor concedido no ano passado.

O Banco Nacional de Angola determina que os 26 bancos comerciais a operar no mercado angolano estão obrigados a conceder crédito a 13 sectores da actividade económica, onde o Executivo entende que a procura interna é maior que a oferta.

Com base na medida do BNA tornada publica esta semana, os bancos são obrigados a duplicar o valor do crédito concedido ao sector primário da economia.

Dados do BNA indicam que o crédito concedido ao sector produtivo (agricultura e pescas) em 2018 foi de 222,8 mil milhões Kz, sendo que, de acordo com cálculos do Mercado, os bancos estão obrigados a injectarem 261,2 mil milhões Kz na economia real ao longo de 2019, mais que o dobro do valor concedido até Dezembro do ano transacto.

De acordo com o Aviso nº 04/2019. “com vista a promover a diversificação da economia real angolana e, por essa via, reduzir a dependência excessiva da importação de bens e serviços e contribuir para a sustentabilidade das contas externas do país, o BNA determina que o credito a conceder por cada instituição financeira bancaria durante o ano 2019, nos termos do aviso, deve corresponder a, pelo menos, 2% do valor total do activo registado no balanço a 31 de Dezembro de 2018”.

Facebook Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here